Carnaval é época de muita festa, diversão e folia. No Carnaval, o “calor do momento” fala mais alto, principalmente quando o ato sexual está associado ao consumo de bebidas alcoólicas, por isso as chances de que uma relação ocorra sem proteção é maior.
Não apenas a Aids que é a IST mais preocupante por não ter cura, apenas tratamento, o preservativo protege também contra uma série de doenças sexualmente transmissíveis e ainda evita a gravidez indesejada. Abaixo, compartilhamos informações sobre nove delas, que mostram como vale a pena optar por uma relação protegida.

HPV

É um vírus que infecta a pele e as mucosas, podendo causar verrugas ou lesões percursoras de câncer, como o câncer de colo de útero, garganta ou ânus. O nome HPV é uma sigla inglesa para “Papiloma vírus humano” e cada tipo de HPV pode causar lesões em diferentes partes do corpo.

Cancro mole

Causada por infecção bacteriana, o principal sintoma do cancro mole são feridas graves e muito doloridas na região genital. Após a infecção, o corpo pode levar até 15 dias para manifestar as primeiras reações. Além das feridas, dor de cabeça, febre e fraqueza também são sinais da doença.

Sífilis

A sífilis, também chamada de cancro duro ou Lues, é uma doença causada pela bactéria Treponema pallidum que, na maior parte dos casos, é transmitida através do contato íntimo sem uso de preservativo. Os primeiros sintomas são feridas indolores no pênis, no ânus ou na vulva que, se não forem tratadas, desaparecem espontaneamente e retornam depois de semanas, meses a anos nas suas formas secundária ou terciária, que são mais graves.

Hepatite B

A Hepatite B é uma infecção perigosa, que pode evoluir, em alguns casos, para cirrose hepática ou câncer do fígado. Seus sintomas são similares a outros tipos de hepatite, como febre, dores de cabeça e musculares, cansaço, perda de apetite, vômitos, diarreia e a apresentação de cor amarelada na pele e nos olhos – mas os sintomas nem sempre se manifestam. Para esta infecção, além do uso de preservativo, existe uma vacina que protege contra a infecção, disponível na rede pública para todas as pessoas com até 49 anos de idade.

Gonorreia

é uma infeção sexualmente transmissível (IST) causada pela bactéria Neisséria gonorrhoeae. Em muitos casos não se manifestam sintomas. Entre homens, os sintomas mais comuns são ardor ao urinar, corrimento do pênis ou dor nos testículos.

Aids

A Aids é uma das doenças mais perigosas que podem ser contraídas por contato sexual. A doença é causada pelo vírus HIV e debilita o corpo humano, deixando-o suscetível para outras doenças, que podem se tornar fatais.

Assim como o HPV, não tem cura (mas tem controle) e pode levar até 10 anos para se manifestar. Antes de manifestar os primeiros sintomas, a maioria dos portadores não sabe que está infectada. Por isso, é melhor confiar sempre na camisinha.

Vale lembrar que o uso do preservativo é a maneira mais eficiente de se proteger das doenças sexualmente transmissíveis. No entanto, a proteção não é absoluta: afinal, sexo oral e carícias preliminares também podem expor parceiros e parceiras a várias destas infecções.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.